1
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004
01/12/2003 a 31/12/2003
01/11/2003 a 30/11/2003
01/10/2003 a 31/10/2003
01/09/2003 a 30/09/2003
01/08/2003 a 31/08/2003
01/07/2003 a 31/07/2003
01/06/2003 a 30/06/2003
01/05/2003 a 31/05/2003
01/04/2003 a 30/04/2003
01/03/2003 a 31/03/2003
01/02/2003 a 28/02/2003


Dê uma nota para meu blog


 UOL
 Aeroclube de Jundiai
 Fsa
 Airandinas
 Oahe
 Redemet
 Ewm
 Gol
 Vasp
 Tam
 Boeing
 Airbus
 Embraer







Piper PA-11

Pessoal, esse o Piper PA-11 avião que utilizo para instrução, eu vôo também o Neiva P-56 (mais conhecido como Paulistinha) que é uma versão nacional.












 Escrito por Pamplona às 23h21
[ ] [ envie esta mensagem ]



Amanha é o aniversario de 1 ano do meu outro blog www.crpn.blogger.com.br

 Escrito por Pamplona às 12h00
[ ] [ envie esta mensagem ]



Meteorologia
Pessoal, não sei se vocês notaram mas agora no começo do site (lá em cima) e no
final (lá em baixo) tem um banner com informações sobre o tempo aqui em São Paulo.
Aproveitando para indicar um site ótimo que o Cmdt Mama me passou, ele mostra
imagens de satélite das nuvens em infra-vermelho (ou seja agora também podemos
ver as nuvens de noite), o site e o seguinte:

http://www2.cptec.inpe.br/satelite/metsat/imagset/vishr/hrframe.htm
Se alguém também quiser colocar um banner com a previsão no seu site é só entrar nesses sites abaixo:
http://www.wunderground.com/global/Region/SA/Temperature.html
http://weatherpixie.com/index.php

 Escrito por Pamplona às 01h43
[ ] [ envie esta mensagem ]



Se os aviões usassem o sistema Windows


 Escrito por Pamplona às 23h19
[ ] [ envie esta mensagem ]



Tripulação pula pela janela após ameaça de bomba

Uma ameaça de bomba obrigou um avião a fazer um pouso de emergência nos Estados Unidos.
A aeronave da empresa de entregas rápidas, United Parcel Service, a UPS, ia de Los Angeles
para Louisville, no Kentucky. Meia hora depois da decolagem, os serviços de controle de vôo
receberam uma ameaça por telefone.
Terroristas estariam planejando explodir o boeing. O vôo foi, então, desviado para Phoenix. A pista
do aeroporto foi fechada e equipes de resgate ficaram de prontidão. O pouso ocorreu sem problemas.
Por segurança, as portas não foram abertas. A tripulação teve de sair pela janela da cabine do piloto, com
a ajuda de uma corda. Ninguém ficou ferido.
Equipes de esquadrões antibomba vasculharam o avião, mas, quatro horas depois da aterrissagem
nada havia sido encontrado.

 Escrito por Pamplona às 22h34
[ ] [ envie esta mensagem ]





 Escrito por Pamplona às 22h24
[ ] [ envie esta mensagem ]



Sonda Galileo mergulha para sua destruição em Júpiter

Lançada em 1989 depois de um longo atraso causado pela perda do ônibus espacial
Challenger em uma explosão, em 1986, a Galileo demorou seis anos para chegar a
Júpiter, localizado a cerca de 800 milhões de quilômetros da Terra, voando por uma rota
tortuosa, ditada pela potência limitada de seu propulsor-foguete original.
Onde ficou em orbirta tirando fotos e colhendo dados que causou um grande avanço para a ciencia, entudando
Jupiter e suas luas, incluindo a polemica Europa.
Europa foi a lua que deu mais causa de especulação e celebração aos cientistas. Nas oito passagens de Galileo
por esse satélite, a aparência da crosta congelada de Europa sugeria que o gelo recobria um imenso oceano.
Em um corpo celeste onde existe tamanho volume de água, é possível existir alguma forma de vida.
Essa descoberta selou o destino final da Galileo. Se a espaçonave, depois de esgotar todo o seu combustível
de manobra, terminasse por cair em Europa, ela poderia contaminar aquela lua com micróbios "clandestinos"
vindos da Terra, e perturbar as futuras buscas por vida local. Assim, foi tomada a decisão de destruir a espaçonave
dirigindo-a a um curso de colisão com Júpiter.
"O curso é inalterável", diz Alexander. "O combustível restante foi gasto meses atrás, para garantir que a espaçonave
se chocaria com o planeta".
Os dados dos radares de acompanhamento demonstram que a espaçonave, viajando a cerca de 50 quilômetros por
segundo em direção à sua extinção, colidirá contra o lado noturno de Júpiter. Às 17h50min do domingo (horário
de Brasília), os veteranos da missão Galileo, reunidos em Pasadena, deixarão de ouvir os sinais de rádio, e saberão
que sua espaçonave já não existe.
Vejam abaixo alguma fotos tirasas pela sonda e enviadas a terra:
Vista geral de Ganimede, uma das luas de Júpiter; seu campo magnético foi detectado pela sonda Galileo em 1996

Erupções vulcânicas em Io podem ser vistas durante um eclipse lunar

Esta imagem mostra que as crateras de Calisto podem ter sido formadas pela transformação de gelo em gás

Essa imagem do segundo satélite natural de Júpiter coloca Europa como um potencial habitat para vida extraterrestre

Vista de parte da região de Conamara em Europa, uma das luas de Júpiter; dados da Galileo revelaram uma crosta de gelo fina na superfície

Galielo capturou a imagem do asteróide 243 Ida em seu momento de maior aproximação, em 28 de agosto de 93

Esta imagem das crateras de Ganimede deu aos cientistas uma idéia da idade da lua de Júpiter

Esta imagem feita pela Galileo em julho de 99 mostra os vulcões de Io, uma das luas de Júpiter

Noticia original: http://noticias.uol.com.br/inovacao/ultnot/ult763u649.jhtm

 Escrito por Pamplona às 13h22
[ ] [ envie esta mensagem ]



Alcantara
Vejam essas fotos de satelite da base de Alcantara, antes e depois da explosao do VLS



 Escrito por Pamplona às 02h56
[ ] [ envie esta mensagem ]



Fotos do Furacão Isabel (fonte: www.velho.com)
Vejam essas fotos do furacão tiradas pela tripulação da Estação Espacial Internacional na manha de sabado do dia 13 Setembro de 2003.




 Escrito por Pamplona às 01h15
[ ] [ envie esta mensagem ]



Concorde's Farewell Landing Fonte: André Malta
Pessoal, imperdível esse vídeo com sensacionais imagens históricas do ultimo vôo do Concorde, eu recomendo que vcs baixem (clique com o botão da direita no link e escolha a opção salvar destino como) e guardem para posteridade.
Alta Resolução: (11 Mb aprox.) http://www.airbus.com/video/media/mpegs/concorde_h.mpg
Baixa Resolução (4 Mb aprox.) http://www.airbus.com/video/media/mpegs/concorde_l.mpg
Ps.: Mesmo para quem possui acesso a linha discada, recomendo o download do vídeo de alta resolução, vai demorar um pouquinho mais, mas será compensador.

 Escrito por Pamplona às 19h40
[ ] [ envie esta mensagem ]



MÁXIMAS DE AVIAÇÃO (fonte: e-mail Mamá)

- Um piloto é uma alma confusa que fala sobre mulheres quando está voando e sobre
vôo quando está com mulheres.

- Na aviação você começa com uma sacola cheia de sorte e outra vazia de experiência. O truque
é encher a sacola da experiência sem esvaziar a da sorte.

- Aprenda com os erros dos outros. Você não viverá o suficiente para errar como todos eles.

- É sempre melhor estar aqui embaixo desejando estar lá em cima do que lá em cima
desejando estar aqui embaixo.

- Voar não é perigoso. Acidentar-se é.

- Decisões acertadas vêm com a experiência, e experiência vem com decisões erradas.

- Bom julgamento vem da experiência. Lamentavelmente, a experiência normalmente vem do mau julgamento.

- Um avião pode desapontar um piloto, mas não pode surpreendê-lo.

- Helicópteros não conseguem voar. Eles só são tão feios que a terra os repele.

- Na grande guerra entre objetos de alumínio a centenas de quilômetros por hora e o chão a zero
quilômetros por hora, o chão nunca perdeu nenhuma batalha.

- Se você empurrar o manche, as casas ficarão maiores. Se você puxar o manche, elas
ficarão menores. A menos que você continue a puxar o manche para trás, pois aí as casas vão
ficar maiores novamente.

- Velocidade é vida, a altitude é a segurança da vida. Quando em dúvida, mantenha sua altitude. Ninguém jamais colidiu com o céu.

- Nunca solte o avião para pegar o microfone. O avião voa de acordo com os princípios descobertos por Bernoulli, não por Marconi.

- Nunca deixe um avião levá-lo a um lugar onde seu cérebro não chegou cinco minutos antes.

- Lembre-se sempre que voce pilota com a cabeça e não com as mãos.

- A única hora em que você tem combustível demais é quando você está pegando fogo.

- A hélice é só um ventilador enorme que fica na frente do avião, usado para refrescar o piloto. Quando
ela pára, você pode verificar que o piloto começa a suar profusamente.

- Fique fora das nuvens. O tapete prateado de que todos falam, pode bem ser outro avião vindo no
sentido contrário. Fontes fidedignas também relatam que montanhas têm sido vistas se escondendo dentro delas.

- É sempre bom manter o nariz do avião indo para a frente.

- Sempre olhe em volta. Há sempre algo que você não percebeu antes.

- Lembre-se, gravidade não é só uma boa idéia. É a lei. E não é sujeita a apelação.

- Pior que um comandante que nunca foi copiloto é um copiloto que já foi comandante.

- Os passageiros preferem comandantes antigos a aeromoças novas.

- Se você só consegue ver o chão girando pela janela e só consegue ouvir algazarra da cabine de passageiros, nem tudo está como deveria.

- Acredite no seu instrutor, mas mantenha sempre o seu cinto apertado.

- As três coisas mais inúteis para o piloto: a altitude acima dele, a pista atrás dele e o segundo que passou.

- A probabilidade de sobrevivência é inversamente proporcional ao ângulo de aproximação. Grande ângulo de
aproximação, pequena probabilidade de sobrevivência e vice-versa.

- Toda decolagem é opcional. Todo pouso é obrigatório.

- Voar é a segunda maior emoção conhecida pelo homem. Pousar é a primeira.

- Sempre tente manter o seu número de pousos igual ao de suas decolagens.

- Há três regras simples para um pouso suave. Só que ninguém sabe quais são elas.

- Todo mundo sabe qual a definição de um bom pouso: é quando se pode sair dele caminhando.

- Mas pouca gente sabe a definição de um ótimo pouso: é quando além disso, se pode usar o avião outra vez.

- Você sabe se pousou com as rodas recolhidas se precisar de potência total para taxiar até a rampa de embarque.

- Se voce tiver de enfrentar um pouso forçado noturno, ligue os faróis para ver a área de pouso. Se voce não vôo quando está com mulheres.

- Na aviação você começa com uma sacola cheia de sorte e outra vazia de experiência. O truque
é encher a sacola da experiência sem esvaziar a da sorte.

- Aprenda com os erros dos outros. Você não viverá o suficiente para errar como todos eles.

- É sempre melhor estar aqui embaixo desejando estar lá em cima do que lá em cima
desejando estar aqui embaixo.

- Voar não é perigoso. Acidentar-se é.

- Decisões acertadas vêm com a experiência, e experiência vem com decisões erradas.

- Bom julgamento vem da experiência. Lamentavelmente, a experiência normalmente vem do mau julgamento.

- Um avião pode desapontar um piloto, mas não pode surpreendê-lo.

- Helicópteros não conseguem voar. Eles só são tão feios que a terra os repele.

- Na grande guerra entre objetos de alumínio a centenas de quilômetros por hora e o chão a zero
quilômetros por hora, o chão nunca perdeu nenhuma batalha.

- Se você empurrar o manche, as casas ficarão maiores. Se você puxar o manche, elas
ficarão menores. A menos que você continue a puxar o manche para trás, pois aí as casas vão
ficar maiores novamente.

- Velocidade é vida, a altitude é a segurança da vida. Quando em dúvida, mantenha sua altitude. Ninguém jamais colidiu com o céu.

- Nunca solte o avião para pegar o microfone. O avião voa de acordo com os princípios descobertos por Bernoulli, não por Marconi.

- Nunca deixe um avião levá-lo a um lugar onde seu cérebro não chegou cinco minutos antes.

- Lembre-se sempre que voce pilota com a cabeça e não com as mãos.

- A única hora em que você tem combustível demais é quando você está pegando fogo.

- A hélice é só um ventilador enorme que fica na frente do avião, usado para refrescar o piloto. Quando
ela pára, você pode verificar que o piloto começa a suar profusamente.

- br /> gostar do que está vendo, desligue os faróis.

- Esqueça tudo o que voce aprendeu sobre empuxo e arrasto, sustentação e gravidade; o que faz um avião voar é dinheiro.

A SEGURANÇA DE VÔO COMPETE A TODOS NÓS!

 Escrito por Pamplona às 18h57
[ ] [ envie esta mensagem ]



Airbus A330-243 da Air Transat Fotografias: Chris Hammond
Mais um "causo" que tive que colocar aqui, no dia 24 de agosto de 2001, o vôo No.: 236 da Air Transat vinha de Toronto, Ontário, Canadá para Lisboa, Portugal, quando ocorreu um problema com o sistema de combustível, o avião estava aproximadamente 300 milhas náuticas a nordeste da "Terciera Island", Portugal. A tripulação então decidiu ir para o aeroporto de "Terciera Island" para um pouso de emergência. Quando estava a 100 mn do aeroporto o comandante informou para o controle que o motor esquerdo acabara de falhar, e dez minutos depois, o motor direito falhou também. Com o avião utilizando o mínimo possível do sistema hidráulico, e somente a de eletricidade fornecida pela rotação gerada pela passagem do ar nas turbinas, a tripulação conseguiu planar ate a ilha e conseguiu fazer aproximação visual e pousar no aeroporto em segurança sem nenhum motor funcionando.
O tempo total de vôo sem nenhum motor foi de 18 minutos.
Ninguém se feriu, o avião sofreu danos nos trens de pouso devido a força do impacto que estourou vários pneus
Apos esse incidente o sistema de combustível de todos os A330 foi substituído.


















 Escrito por Pamplona às 00h28
[ ] [ envie esta mensagem ]



747
Isso que dá estacionar seu 747 na rua


 Escrito por Pamplona às 00h24
[ ] [ envie esta mensagem ]



Sete de Setembro "maravilhoso"

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva classificou como "maravilhoso" seu primeiro Sete de Setembro como presidente, o show foi aberto por pára-quedistas do Exército, que lhe entregaram uma bandeira nacional. Na seqüência, Lula ajudou os oficiais a hasteá-la. Mas o que tirou mesmo o fôlego do presidente foi a apresentação da esquadrilha da fumaça.




 Escrito por Pamplona às 23h58
[ ] [ envie esta mensagem ]



O vôo No.: 1455 da Southwest Airlines Fotografo: Jill Connelly
Pessoal isso aconteceu em 05 Março de 2000, mas achei legal colocar aqui para todos.
O vôo No.: 1455 da Southwest Airlines, um Boeing 737-300 com 142 pessoas a bordo vinha chegando em Burbank na Califórnia vindo de Las Vegas, quando a tripulação entrou em contato com o controle de aproximação de SOCAL e solicitou aproximação visual para a pista 8 em BUR. Aproximadamente 10 milhas do aeródromo, enquanto descia para 3000 pés a tripulação foi instruída a manter 230 knots até novas instruções. Um minuto depois a tripulação foi autorizada a fazer a aproximação visual pelo controle e instruída a manter 3,000 Pés ate passar do VOR de Van Nuys (aproximadamente 6 milhas náuticas da pista). Por uma razão desconhecida a tripulação passou pelo VOR e não iniciou a descida. Quando estavam a somente 3.9 milhas náuticas da pista com uma velocidade de 230 knots e a uma altitude de 3000 pés, A tripulação iniciou a descida para pouso. Devido a grande inclinação de descida (aprox. 7°), a tripulação recebeu avisos de "sink rate" quando estavam a aprox. 400 pés do solo, e um aviso de "pull up" a 190 pés do solo. O avião tocou na metade da pista a uma velocidade de 181 knots (velocidade solo - groundspeed).
Mesmo usando o reverso no Maximo, spoilers, e freios, a tripulação não conseguiu parar o avião antes do fim da pista. O avião colidiu com a cerca a uma velocidade aprox. 40 knots, perdendo o trem dianteiro e se arrastando pela Avenida Hollywood, e parando a um metro de um posto de gasolina. O avião foi evacuado através dos slides de emergência.





Milagrosamente ninguém se machucou, nem no avião e nem na avenida que estava congestionada na hora, e o avião conseguiu para antes do posto evitando uma grande explosão.

 Escrito por Pamplona às 21h06
[ ] [ envie esta mensagem ]



Avião com 133 pessoas a bordo faz pouso de emergência em NY
02/09/2003 - 20h35 da Folha Online
Um vôo da companhia American Airlinies com 133 pessoas a bordo fez um pouso de emergência seguro hoje no Aeroporto Internacional John F. Kennedy, em Nova York (nordeste dos EUA), após um problema em seu trem de aterrissagem, disseram autoridades.
O vôo 1048, que saiu de Dallas (Texas, centro-sul dos EUA) e deveria pousar no Aeroporto internacional de Newark (NY), foi desviado para o aeroporto Kennedy, onde aterrissou às 11h36 (12h36 em Brasília). A pista de pouso estava preparada, com espuma espalhada para suavizar a aterrissagem e ajudar a evitar incêndios, disse um funcionário da Autoridade Portuária de Nova York e New Jersey.
Não há relatos de incêndios ou ferimentos. Um caminhão com escadas foi usado para viabilizar a saída das pessoas que estavam a bordo pela parte de trás da aeronave, disse a autoridade.
Com informações da Reuters.

 Escrito por Pamplona às 00h28
[ ] [ envie esta mensagem ]





 Escrito por Pamplona às 13h01
[ ] [ envie esta mensagem ]



Aeroporto de Congonhas
Em 1.935, o único aeroporto de São Paulo, que apresentava certa infra-estrutura, era o Campo de Marte. Havia alguns hangares, oficinas e um barracão de madeira onde se processava o embarque de passageiros e carga aérea.

Nesta mesma época, uma empresa privada, a Auto-Estradas S.A. adquiriu um terreno situado entre o Ibirapuera e a represa de Santo Amaro, para comercializar seus lotes em prestações. A empresa usou como argumento o projeto de uma via pavimentada, que facilitaria o transporte entre o bairro Vila Congonhas e o centro da cidade. Para incrementar o negócio, a Auto-Estradas iniciou uma campanha para a construção de um novo aeroporto para São Paulo. Eles alegavam que o Campo de Marte não oferecia condições ideais para pousos e decolagens, já que vivia com problemas de inundações e nevoeiros.

Em 1.936, a Auto-Estradas entregou ao governo do estado, uma proposta preliminar para a construção do Campo de Congonhas. A resposta demorou um ano. Finalmente, no dia 18 de março de 1.937, foi assinado o contrato para que a Auto-Estradas executasse as obras. O governo pagaria cerca de 4 mil réis por cada metro quadrado.

A primeira empresa aérea que pousou em Congonhas foi a VASP, Viação Aérea São Paulo. Mais tarde, vieram também, a Aerolloyd Iguassu, Syndicato Condor, entre muitas outras.
Das quatro pistas projetadas, apenas duas foram construídas. O corpo central da estação de passageiros foi entregue em 1.953 e, o Pavilhão de Autoridades, em 54. Dos 880 mil metros quadrados, o governo conseguiu mais 720 mil através de desapropriações. O aeroporto não parou mais de crescer. Dos Junker-52, Congonhas recebeu aeronaves cada vez maiores e mais modernas chegando aos wide-bodies Boeing 767 e Airbus A300.

No início da década de 80, o Aeroporto de Congonhas atingiu seu limite de operações. São Paulo, então, ganharia em 1.985, um novo aeroporto para vôos domésticos e internacionais, construído junto à base aérea de Cumbica. Congonhas ficou "às moscas", apenas com vôos regionais e da Ponte Aérea São Paulo - Rio de Janeiro.
Já na década de 90, o Departamento de Aviação Civil, o DAC, autorizou a TAM Linha Aérea Regional a operar o jato Fokker 100 nos chamados VDC - Vôos Diretos ao Centro. Até então, o usuário de Congonhas havia se acostumado a utilizar apenas os turboélices F-27, Electra, Bandeirante e Brasília. Depois da TAM, a Rio Sul entrou com o Boeing 737-500, e a Ponte Aérea, com os Boeing 737-300. O jato voltava a Congonhas.

Hoje, a frota à reação das regionais é bem representativa. Os pequenos turboélices, como os Fokker 50, também deverão ser substituídos em breve pelos jatos regionais Emb 145 e o Canadair RJ.
Hoje Congonhas é um dos mais movimentados aeroportos da América Latina, somando-se aviões de empresas aéreas e da Aviação Geral.

NOME: Aeroporto Internacional de Congonhas / São Paulo
CÓDIGO ICAO: SBSP
SIGLA IATA: CGH
CATEGORIA: 2ª
ADMINISTRAÇÃO: INFRAERO
STAF: 230 funcionários
OPERAÇÃO: Das 6 às 23h (turboélice/turbofan), das 7 às 22h (turbojato), farol rotativo
POSIÇÃO: S23 37.5 W046 39.4
ELEVAÇÃO: 2.639ft
DMG: 19W
ÁREA:1.687.183.710m²
PÁTIO:57.447m² 24 Boxes Iluminação noturna
GERAL 1: - 6.936m² 20 Boxes
GERAL 2: - 6.584m² 12 Boxes Iluminação noturna
PISTAS: - 17R/35L 1939X49m ASPH PCN 50/F/B/X/T PAPI ILS Cat I na 17R - 17L/35R 1437X49m ASPH PCN 29/R/B/X/T
TAXIWAYS: Balizamento noturno
TERMINAL: 37.311m² 5 sala de embarque 45 balcões check-in 3 esteiras
VOR: - Congonhas
CGO 119.9
N23 37.6 W046 39.3
NDB: - MADA 292
N23 32.7 W046 42.7
- São Paulo
SPO 250
N23 36.6 W046 40.1
- Metro
PP 330
S23 38.6 W046 38.6
- Diadema
DAD 200
N23 42.3 W046 36.1
ILS: ISP 109.3
COMBUSTÍVEL: Avgas e Jet1
Vejam abaixo a imagem de congonhas em 1936




Fotos: fonte ABCP
Curiosidades sobre congonhas
-Em 1936 durante a construção da primeira pista em congonhas, Pedro Fumaça (Pedro Ferreira) acendia fogueiras na cabeceira da pista para orientar o pouso dos aviões.
-Dizem que o primeiro passageiro que embarcou em Congonhas usava fraldas e foi o ator Johnny Herbert, que tinha 2 anos quando o aeroporto foi inaugurado.
-Havia um indigente conhecido como Galo que trabalhava como carregador de bagagens, era muito querido pelas comissárias e pilotos que lhe davam roupas inclusive uniformes, tinha até um cracha da INFRAERO. Com isso o querido carregador tinha um visual um tanto interessante, "...com quepe de uma companhia e um paletó de outra...".
-Segundo informam vários testemunhos, ão Aérea São Paulo. Mais tarde, vieram também, a Aerolloyd Iguassu, Syndicato Condor, entre muitas outras.
Das quatro pistas projetadas, apenas duas foram construídas. O corpo central da estação de passageiros foi entregue em 1.953 e, o Pavilhão de Autoridades, em 54. Dos 880 mil metros quadrados, o governo conseguiu mais 720 mil através de desapropriações. O aeroporto não parou mais de crescer. Dos Junker-52, Congonhas recebeu aeronaves cada vez maiores e mais modernas chegando aos wide-bodies Boeing 767 e Airbus A300.

No início da década de 80, o Aeroporto de Congonhas atingiu seu limite de operações. São Paulo, então, ganharia em 1.985, um novo aeroporto para vôos domésticos e internacionais, construído junto à base aérea de Cumbica. Congonhas ficou "às moscas", apenas com vôos regionais e da Ponte Aérea São Paulo - Rio de Janeiro.
Já na década de 90, o Departamento de Aviação Civil, o DAC, autorizou a TAM Linha Aérea Regional a operar o jato Fokker 100 nos chamados VDC - Vôos Diretos ao Centro. Até então, o usuário de Congonhas havia se acostumado a utilizar apenas os turboélices F-27, Electra, Bandeirante e Brasília. Depois da TAM, a Rio Sul entrou com o Boeing 737-500, e a Ponte Aérea, com os Boeing 737-300. O jato voltava a Congonhas.

Hoje, a frota à reação das regionais é bem representativa. Os pequenos turboélices, como os Fokker 50, também deverão ser substituídos em breve pelos jatos regionais Emb 145 e o Canadair RJ.
Hoje Congonhas é um dos mais movimentados aeroportos da América Latina, somando-se aviões de empresas aéreas e da Aviação Geral.

NOME: Aeroporto Internacional de Congonhas / São Paulo
CÓDIGO ICAO: SBSP
SIGLA IATA: CGH
CATEGORIA: 2ª
ADMINISTRAÇÃO: INFRAERO
STAF: 230 funcionários
OPERAÇÃO: Das 6 às 23h (turboélice/turbofan), das 7 às 22h (turbojato), farol rotativo
POSIÇÃO: S23 37.5 W046 39.4
ELEVAÇÃO: 2.639ft
DMG: 19W
ÁREA:1.687.183.710m²
PÁTIO:57.447m² 24 Boxes Iluminação noturna
GERAL 1: - 6.936m² 20 Boxes
GERAL 2: - 6.584m² 12 Boxes Iluminação noturna
PISTAS: - 17R/35L 1939X49m ASPH PCN 50/F/B/X/T PAPI ILS Cat I na 17R - 17L/35R 1437X49m ASPH PCN 29/R/B/X/T
TAXIWAYS: Balizamento noturno
TERMINAL: 37.311m² 5 sala de embarque 45 balcões check-in 3 esteiras
VOR: - Congonhas
CGO 119.9
N23 37.6 W046 39.3
NDB: - MADA 292
N23 32.7 W046 42.7
- São Paulo
SPO 250
N23 36.6 W046 40.1
- Metro


 Escrito por Pamplona às 12h32
[ ] [ envie esta mensagem ]



Tail Strike
Vejam o estrago desse 747 que deu uma raspadinha de cauda na decolagem





 Escrito por Pamplona às 12h25
[ ] [ envie esta mensagem ]



Avião Easyjet danificado por granizo, retorna para Geneva
GENEVA (AFP) 16 de Agosto de 2003
Um Easyjet de Londres com 123 passageiros teve que retornar para Geneva no Sábado após ser severamente danificado por uma chuva de granizo logo após a sua decolagem, informou o porta-voz do aeroporto de Geneva Jean-Luc Portier.
Esse foi o avião mais danificado por uma tempestade segundo Jean, que afirmou que nunca viu nada parecido em seus 20 anos de carreira.
O avião retornou para para o aeroporto de Geneva depois de voar na tempestade por 10 minutos em direção ao aeroporto de Londres.


 Escrito por Pamplona às 01h04
[ ] [ envie esta mensagem ]