1
01/08/2005 a 31/08/2005
01/07/2005 a 31/07/2005
01/06/2005 a 30/06/2005
01/05/2005 a 31/05/2005
01/04/2005 a 30/04/2005
01/03/2005 a 31/03/2005
01/01/2005 a 31/01/2005
01/12/2004 a 31/12/2004
01/09/2004 a 30/09/2004
01/08/2004 a 31/08/2004
01/07/2004 a 31/07/2004
01/06/2004 a 30/06/2004
01/05/2004 a 31/05/2004
01/04/2004 a 30/04/2004
01/03/2004 a 31/03/2004
01/02/2004 a 29/02/2004
01/01/2004 a 31/01/2004
01/12/2003 a 31/12/2003
01/11/2003 a 30/11/2003
01/10/2003 a 31/10/2003
01/09/2003 a 30/09/2003
01/08/2003 a 31/08/2003
01/07/2003 a 31/07/2003
01/06/2003 a 30/06/2003
01/05/2003 a 31/05/2003
01/04/2003 a 30/04/2003
01/03/2003 a 31/03/2003
01/02/2003 a 28/02/2003


Dê uma nota para meu blog


 UOL
 Aeroclube de Jundiai
 Fsa
 Airandinas
 Oahe
 Redemet
 Ewm
 Gol
 Vasp
 Tam
 Boeing
 Airbus
 Embraer







Aviões da Forca Aeréa Indiana Fazem Acrobacias

Aviões da equipe "Suryakiran" da Força Aérea indiana realizam demonstração durante formatura de 275 cadetes, em Pune, a 170 km de Bombaim



 Escrito por Pamplona às 11h53
[ ] [ envie esta mensagem ]



Mensagem na garrafa

Encontrados 86 náufragos equatorianos no litoral da Costa Rica

San José, 29 mai (EFE).- Pelo menos 86 naufrágos equatorianos foram resgatados perto da ilha de Coco, no Pacífico da Costa Rica, graças a uma mensagem que enviaram em uma garrafa achada por uma embarcação que saiu em sua busca, informou neste domingo uma fonte oficial.

O Ministério da Segurança Pública assinalou em comunicado que os naufrágos, que estavam nove dias à deriva, foram resgatados na madrugada de hoje e levados à ilha, que está desabitada, a 600 quilômetros do litoral pacífico da Costa Rica.



 Escrito por Pamplona às 09h23
[ ] [ envie esta mensagem ]



Voyager 1 chega à fronteira do Sistema Solar após 26 anos de vôo

 

WASHINGTON (Reuters) - A sonda Voyager 1, da Nasa, chegou à última fronteira do Sistema Solar, depois de atravessar uma área de turbulência, onde partículas carregadas de energia emitidas pelo Sol se transformam em gás no espaço interestelar.

Os astrônomos que acompanham a trajetória da nave, numa viagem que já dura 26 anos, acreditam que a Voyager 1 tenha passado por uma região conhecida como "termination shock" (literalmente "choque de terminação"), distante cerca de 14 bilhões de quilômetros do Sol. Os cientistas julgam que a sonda tenha entrado na área que antecede a chamada heliopausa, onde a influência do Sol perde intensidade.

"A Voyager 1 entrou na reta final de sua corrida para os limites do espaço interestelar", disse Edward Stone, do Instituto de Tecnologia da Califórnia, num comunicado divulgado na terça-feira.

Os cientistas que acompanham a Voyager especularam em novembro que a nave pudesse estar atingindo a turbulenta região do espaço quando as partículas solares carregadas, conhecidas como vento solar, parecem reduzir velocidade, que normalmente é de 2,4 milhões de quilômetros por hora.

A expectativa era de que isso acontecesse na área do choque de terminação, onde os ventos solares se desaceleram ao se chocarem contra os gases que vêm do espaço exterior para o Sistema Solar. Isso fica duas vezes mais longe que Plutão, o planeta mais distante de nosso sistema.

Através da monitoração da velocidade da nave e do aumento da força do vento solar, os cientistas que observam a Voyager acreditam agora que ela tenha passado pela zona de choque de terminação.

Foi muito difícil prever a localização dessa área, porque não se conhecem com exatidão as condições do espaço interestelar e porque o choque de terminação é capaz de expandir-se, contrair-se e propagar-se, dependendo das alterações na velocidade e na pressão do vento solar.

"As observações da Voyager nos últimos anos mostram que o choque de terminação é muito mais complicado do que se podia imaginar", disse Eric Christian, cientista do programa Conexão Sol-Sistema Solar, da Nasa.

A Voyager 1 e a nave gêmea Voyager 2 foram lançadas em 1977, numa missão de exploração de Júpiter e Saturno. As duas continuaram avançando, e a missão foi estendida.

A Voyager 2 explorou Urano e Netuno, e é a única nave até hoje a ter visitado esses planetas. Ambas hoje fazem parte da Missão Interestelar Voyager, para explorar as fronteiras do Sistema Solar.

As naves são capazes de enviar dados científicos até 2020, se continuarem conseguindo gerar energia elétrica adequada para se manterem funcionando.

Elas carregam mensagens da Terra, incluindo sons de ondas do mar, vento, trovões e animais. Também há seleções musicais e cumprimentos em 55 línguas, além de instruções e equipamentos para a execução das gravações. Mais informações e imagens podem ser obtidas no site http://www.nasa.gov/vision/universe/solarsystem/voyager_agu.html



 Escrito por Pamplona às 16h54
[ ] [ envie esta mensagem ]



Temporal em Sao Paulo

Aviões ficam parcialmente submersos no Campo de Marte, em São Paulo



 Escrito por Pamplona às 16h52
[ ] [ envie esta mensagem ]



Helicóptero pousa pela primeira vez no Everest

Paris - A empresa européia Eurocopter anunciou nesta terça-feira que, pela primeira vez na história, um helicóptero conseguiu pousar no topo do Monte Everest. O aparelho Ecureuil-AStar AS350B3 pousou a uma altitude de 8.850 metros em 14 de maio, estabelecendo um novo recorde mundial para pousos em decolagens em altitudes elevadas, anunciou a Eurocopter em sua página na internet.

A aeronave, pilotada por Didier Delsalle, decolou do acampamento-base de Lukla, no Nepal, e passou mais de dois minutos sobrevoando a montanha mais alta do planeta, prosseguiu a empresa. No dia seguinte, o piloto repetiu a façanha a bordo da mesma aeronave.

A Eurocopter informou que a notícia da façanha foi submetida à análise da Federação Internacional de Aviação, que precisa aprovar o recorde mundial. A companhia é uma divisão da European Aeronautic Defence and Space Co., conhecida pelas iniciais EADS.



 Escrito por Pamplona às 09h33
[ ] [ envie esta mensagem ]



Gol recebe autorização para voar para Uruguai e Paraguai

FABIANA FUTEMA
da Folha Online

A companhia aérea Gol recebeu autorização para começar a voar para Montevidéu (Uruguai) e Assunção (Paraguai). Segundo a empresa, as novas rotas deverão começar a ser operadas no segundo semestre do ano.

A companhia, que começou a operar seu primeiro vôo internacional no ano passado --para Buenos Aires (Argentina)-- se prepara para ampliar em 2005 seus destinos para fora do país.

A segunda nova rota internacional terá como destino Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) --deve começar a ser operada até junho.

Além das novas rotas, a Gol foi autorizada pela Cernai (Comissão de Estudos Relativos à Navegação Aérea Internacional) a acrescentar 26.694 assentos mensais regulares aos vôos para a Argentina. Os novos assentos podem resultar num aumento de freqüências.

"A ampliação das operações para além das fronteiras brasileiras estenderá a popularização do transporte aéreo também para nossos vizinhos sul-americanos", disse Constantino de Oliveira Junior, presidente da Gol.

Além da Gol, a TAM também deve incrementar suas freqüências para a América Latina. Já a Varig, deve aproveitar o memorando de entendimento assinado com a TAP para estender seu acordo de code-share (compartilhamento) com a empresa portuguesa.

Vôos domésticos

A Gol acirrou ainda mais a disputa pelos passageiros da ponte aérea Rio-São Paulo --considerada uma das rotas mais rentáveis. Desde o início da semana, a empresa ampliou em 50% a oferta de assentos promocionais nos vôos da ponte. Pela promoção, esses vôos podem ser feitos a partir de R$ 112.

O avanço da Gol na ponte aérea ocorre logo após ao fim do code-share entre a Varig e a TAM, que alterou a malha aérea das duas outras companhias aéreas.



 Escrito por Pamplona às 09h26
[ ] [ envie esta mensagem ]



Poemas Aéreos

NAVAJO

Você , tantas vezes humilhado , mal tratado!
Parece que as pessoas , não reconhecem o brilhante
serviço que nos tem prestado!
Você , constante alvo de injusta gozação
Será que essas pessoas não sabem
O progresso que vc faz para a nação?
Você que está sempre surrado, sujo, jogado de lado
Ainda escuta dos desinformado:
"Essa bosta não voa lotado"

Navajo, quando um dia você parar em um pátio ,
e um co-piloto de Boeing te olhar meio de lado,
Abra seu radome todo descascado e diga de peito
estufado:
"É meu filho, foi aqui que seu comandante foi
ensinado"

SENECA

Oh Seneca , você tão comum e tão amado
Mais tem um nariz filha duma p*** de pesado..
E pros passageiro , como vc é apertado
Ainda bem que esta chegando o Mustang pra acaba com seu reinado
Pq eu abro a boca e digo "Oh projetin mal acabado"
Piloto que voa tu , qndo encontra um CB fica na maior aflição
Pois ele sabe que é duro voar avião de papelão
Oh Seneca não tem vergonhas de ser tão devagar?
Se pegar um vento de proa é perigoso parar no ar..
Ou corre o risco de um Corisco Turbo te passar..

CITATION X LEAR

Citation se um dia parar no pátio eo Lear te perguntar
"Qual o seu cruzeiro seu bicho safado??"
Erga a cabeça , não se sinta envergonhado!
Olhe para aquele jatinho folgado e começe a contar
sobre aquele seu irmão mais invocado
E se o Lear insistir que a conversa em questão é vc!
Estufe o peito e diga "Um dia eu tb vou crescer" ,
porem cuidado o Lear é totalmente descontrolado ,
isso é reflexo do consumo exagerado!
Porem Citation seja sempre equilibrado,
fale para o Lear que vc tinha um amigo bebum assim
e que hj esta curado!
Graças aos Willians FJ44 prontamente instalado!!!

CITATION X LEAR PARTE II

Você, versátil, mudou a aviação!
Muitas vezes é alvo de gozação
Daqueles pilotos, que se entedem por fodão
Mais você pequeneninho, é um tremendo avião
Não ligue para que os outros falem não,
È tudo inveja daqueles piloto do seu irmão gastão
Não abaixe a cabeça não!
Vc ainda vai escutar muito "Aquilo sim que é avião"
Mais saiba que vc baixinho , é um tremendo dum grandão!
vc que é chamado de baixinho , muitas vezes ridicularizado no patio na
frente de seus amiguinhos
E é chamado de lerdinho, pois saiba que vc é o nosso Saiteixinho!!

BONANZA

Tu és invejado, cobiçado, sonho de qualquer nego endinheirado
Não sabemos agradecer, cauda em V,
pelo brilhante serviço que à nós tem prestado,
Você que é meio de locomoção e transporte de
dinheiro para fazendeiros
È ferramenta de trabalho p/ os chucheiros ou
Simples diversão para os Bonanzeiros,
Você tão vendido, tão amado,
Num vôo de 4 horas és bem apertado,
Com 6 passageiros, teu bagageiro está eliminado,
Quem quiser mais conforto que vá pro seu irmão mais invocado

BANDEIRANTE

Tu que és pioneiro , devagar porem sempre guerreiro
Salvação dos Maloteiros
Fonte de renda para chucheiros
e tens uma estrutura forte
Tu não és nem pressurizado , não tem desing arrojado,
mais parece um sabugo com asa pregado
Tambem, puderas olhe o pais aonde foi criado!
Seu painel é para lá de ultrapassado
Nem mais os indios da FUNAI querem por ti serem
transportado!
Tudo isso, é uma grande injustiça a esse Diamente,
carinhosamente apelidado de Bandeirante!


 Escrito por Pamplona às 09h19
[ ] [ envie esta mensagem ]



TAP assina acordo e abre caminho para comprar participação na Varig

SÃO PAULO - Um memorando de entendimentos assinado na sexta-feira entre Varig e a estatal portuguesa TAP é o primeiro passo para se negociar a intenção da companhia portuguesa de vir a ter 20% do capital da aérea brasileira e também participar de sua gestão.

De acordo com fontes qualificadas, o documento é bastante sucinto, praticamente uma carta de intenções. Nele não há qualquer detalhe sobre o desenho futuro da operação. É mencionado apenas o objetivo de capitalizar a Varig. " Toda negociação tem que ter um começo " , disse ontem David Zylbersztjn, presidente do conselho da Varig.

É a primeira medida concreta da nova administração que assumiu a Varig há apenas uma semana. O grupo já considera outras medidas, como a possibilidade de admissão de outros acionistas além da TAP no capital da Varig e a venda de ativos rentáveis para abater a dívida da aérea, que está em R$ 6 bilhões pelos dados de balanço.

Antes mesmo da entrada de Zylbersztajn, a TAP já vinha em contato com a Varig. O idealizador da aproximação é o brasileiro Fernando Pinto, que hoje dirige a aérea estatal portuguesa, depois de ter presidido a própria Varig.

A TAP tem 40 vôos semanais para o Brasil, o maior número de freqüências de uma companhia estrangeira para o país.

A dúvida em relação à estatal portuguesa é quanto à sua capacidade financeira para colaborar na capitalização da Varig. A empresa é relativamente pequena, com metade do que fatura a Varig, acaba de concluir uma reestruturação e vive às voltas com a possibilidade de privatização.

Apesar de as conversas entre ambas ser ainda incipiente, optou-se por tornar públicas as intenções devido à forte pressões que a Varig vem sofrendo de credores e do governo brasileiro por uma solução.

A idéia em gestação é que a TAP não seja a única nova acionista. Outros investidores poderão ser agregados à estrutura futuramente. A Fundação Ruben Berta deverá desfazer-se da maior parte da sua participação - 87% das ações ordinárias e 55% do capital total.

Neste primeiro momento, antes de assumir uma participação acionária na Varig, a TAP deve iniciar uma espécie de parceria operacional, com objetivo de dar algum fôlego à empresa brasileira e estabilizar sua situação. Adicionalmente, a Varig negocia prazos de carência com credores em geral.

A aposta dos envolvidos é que a credibilidade da empresa portuguesa poderá ajudar na negociação com empresas de leasing que ameaçam arrestar aviões da Varig por falta de pagamento. Outra possibilidade é que vôos da Varig para a Europa passem a ser operados em code-share com a TAP, utilizando-se aeronaves da empresa portuguesa. Essa medida poderia liberar aviões da Varig para serem devolvidos ou direcionados para outras rotas. O fim do code-share com a TAM, no início de maio, deixou-a com um déficit de aviões.

Caso venha a ser implementada, essa idéia poderá encontrar resistências no Brasil. Isso porque uma companhia estrangeira estaria assumindo do ponto de vista operacional as rotas que pertencem a um grupo brasileiro. Essa aspecto toca no delicado ponto da soberania em rotas internacionais.

A TAP já está em conversas com um banco europeu que opera no Brasil para que essa instituição faça a estruturação financeira da operação. Além disso, a Varig já está selecionando uma firma de auditoria que calculará o seu valor. A medida é necessária para servir de referência a todas as negociações que virão daqui para frente.

Uma solução que já foi pensada em outras ocasiões também é considerada pela nova administração da Varig: a venda de empresas rentáveis do grupo, como a VEM, de manutenção, e a VarigLog, de transporte de carga.

(Vanessa Adachi. | Valor Econômico )


 Escrito por Pamplona às 09h58
[ ] [ envie esta mensagem ]



Apesar de greve, aeroportos operam normalmente

da Folha Online

Os 66 aeroportos da Infraero (Empresa Brasileira de Infra-Estrutura Aeroportuária) operam normalmente na manhã desta segunda-feira, apesar da greve dos funcionários, que reivindicam reajuste salarial.

A Infraero afirma que não há registro de atrasos em pousos ou decolagens. Segundo a assessoria de imprensa em São Paulo e no Rio, a adesão à paralisação é pequena.

A greve de dois dias foi convocada pelo Sina (Sindicato Nacional dos Aeroportuários) e tem o apoio dos aeroviários (funcionários de terra) e dos aeronautas (pilotos e comissários), que, apesar de não aderirem à greve, devem fazer manifestações.

Os aeroportuários são responsáveis pela administração dos aeroportos, gerência de operações, logística, controle do tráfego de passageiros e de aeronaves, transporte de bagagens, entre outras atividades.

Segundo o Sina, a paralisação é motivada pelo projeto de abertura de capital (venda de ações em Bolsa) da Infraero e também por um reajuste salarial de 55% referente a perdas do Plano Real.

 Escrito por Pamplona às 09h57
[ ] [ envie esta mensagem ]



Airbus confirma atraso da entrada em serviço do A380

Airbus confirma atraso da entrada em serviço do A380

Paris, 13 mai (EFE).- O construtor europeu Airbus confirmou que a entrada em serviço de seu avião gigante A380 só acontecerá no segundo semestre do ano que vem e não no primeiro, como estava previsto, mas se nega a comentar se isso o obrigará a indenizar as companhias aéreas que encomendaram o aparelho.

"Não comentamos" a existência de multas por uma entrega dos aparelhos mais tarde do que o fixado nos contratos, já que o conteúdo de cada contrato é confidencial, assim como as negociações com as companhias aéreas, explicou à EFE uma porta-voz da Airbus.

A porta-voz lembrou que no primeiro vôo de teste do A380, em 27 de abril passado, já havia sido anunciado que a entrada em serviço do avião, com capacidade para 555 passageiros em sua versão standard, acontecerá finalmente na segunda metade de 2006.

Também informou que nenhuma companhia que comprou o A380 deveria começar a receber os primeiros aparelhos no primeiro semestre de 2006, mas não deu mais detalhes.

A Singapore Airlines, que é a primeira companhia aérea que contará com o A380 em sua frota, informa agora que programa sua utilização para o último trimestre de 2006, em vez de em meados do ano, como estava previsto.

A companhia já recebeu cerca de 10.000 pedidos de informação sobre como embarcar no primeiro vôo comercial do avião gigante, que tem capacidade para entre 480 e 800 passageiros, segundo as versões.

A Singapore Airlines, diante da enorme expectativa gerada pelo "batismo" comercial do A380, pediu que a Airbus reduza ao máximo o atraso. A companhia pretende que o avião gigante cubra o trajeto Londres-Cingapura-Sydney, embora antes irá efetuar vôos em linhas regionais com destino a Tailândia e Vietnã.

Além da Singapore Airlines também pretendem colocar em serviço os dos A380 em 2006 as companhias Qantas e Emirates, que figuram entre as 15 companhias aéreas que já fizeram 154 pedidos, dos quais 144 fixado definitivamente, por um valor global de cerca de 42 bilhões de dólares.



 Escrito por Pamplona às 16h09
[ ] [ envie esta mensagem ]



Comandante da Aeronáutica conhece jato coreano

Londres - O comandante da Aeronáutica, brigadeiro Luis Carlos da Silva Bueno, propôs às autoridades da Coréia do Sul que elas exportem para o Brasil os seus jatos supersônicos de treinamento após equipá-los com armamentos, disse hoje a agência de notícias sul-coreana Yonhap, citando altas fontes militares de Seul. Silva Bueno iniciou no sábado passado uma visita de oito dias ao país asiático. O objetivo é discutir assuntos relacionados à cooperação bilateral na área de defesa. No final deste mês, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva fará um visita oficial à Coréia do Sul.

Segundo a agência, Silva Bueno disse aos oficiais da Força Aérea sul-coreana que o Brasil está disposto a comprar os jatos de treinamento T-50 se eles forem transformados em F-50, um avião que é equipado tanto com sistemas de armamentos ar-terra e ar-ar.

A empresa estatal Korea Aerospace Industries (KAI), fabricante dos T-50, está examinando a proposta de uma maneira "positiva", disse a fonte. Silva Bueno, segundo a Yonhap, disse que o Brasil está interessado em participar o processo de ´upgrade´ dos T-50, caso o negócio seja fechado. "O Brasil tem seus próprios jatos de treinamento, por isso quer usar os T-50 como caças", disse um oficial sul-coreano.

O T-50, apelidado de ´Golden Eagle´ (Águia de Ouro) é o único avião supersônico de treinamento, desenvolvido através de uma aliança tecnológica entre a KAI e empresa norte-americana Lockheed Martin. A KAI pretende entregar 94 T-50 para a força aérea sul-coreana até 2011, começando em outubro desde ano. O avião é equipado com um conjunto de sistemas avançados para o treinamento de pilotos tanto nos caças atuais com nos da próxima geração.

A KAI também começou a transformar o T-50 em A-50, que são equipados com sistemas de armamentos ar-terra. A construção desses jatos necessita uma tecnologia mais avançada. A Coréia do Sul também está tentando exportar o T-50 para outros países, como os Emirados Árabes Unidos.



 Escrito por Pamplona às 10h10
[ ] [ envie esta mensagem ]



Invasão de espaço aéreo dos EUA provoca alerta em Washington

da Folha Online

Funcionários que trabalham nos prédios do Capitólio (sede do Congresso americano) e na Casa Branca (sede do governo) foram retirados às pressas após um avião Cessna-150 [de pequeno porte] ter invadido cerca de cinco quilômetros do espaço aéreo de Washington nesta quarta-feira. Cerca de 15 minutos depois, a polícia liberou a volta dos funcionários.
"[O governo dos EUA] tomou medidas apropriadas de segurança para esse tipo de violação", disse o porta-voz do Departamento de Segurança Interna, Brian Roehrkasse, ao confirmar a invasão aérea. De acordo com o governo americano, o piloto do Cessna-150 ignorou os avisos dos controladores de tráfego aéreo e adentrou cerca de cinco quilômetros em espaço restrito, voando próximo ao Capitólio. O avião mudou de direção com a aproximação de dois caça F-16 da Força Aérea dos Estados Unidos. O avião foi escoltado por caças F-16 do Exército americano até Frederick, Maryland, e o piloto foi levado sob custódia da polícia, informou Roehrkasse. O incidente causou uma onda de emergência por toda a cidade. Os Estados Unidos estão em alerta permanente depois de 11 de setembro de 2001, quando aviões seqüestrados por terroristas derrubaram as torres gêmeas do World Trade Center, em Nova York, e atingiram o Pentágono, nas cercanias de Washington. Os ataques mataram quase 3.000 pessoas.



 Escrito por Pamplona às 15h44
[ ] [ envie esta mensagem ]



Gol tem lucro de R$ 111 milhões e supera com folga a TAM

FABIANA FUTEMA
da Folha Online

A companhia aérea Gol registrou um lucro líquido de R$ 111,255 milhões no primeiro trimestre deste ano, o que representa um crescimento de 63,7% em relação ao mesmo período de 2004.

O ganho da Gol superou em mais de 100% o resultado obtido pela TAM no primeiro trimestre (lucro de R$ 53,3 milhões). Ambos os valores consideram os padrões contábeis brasileiros.

Já a receita líquida da Gol com transporte de passageiros e cargas teve crescimento de 36% nos primeiros três meses deste ano, atingindo R$ 589 milhões.

"A chegada das três aeronaves viabilizou um aumento rentável nos assentos oferecidos e passageiros transportados", afirmou Constantino de Oliveira Junior, presidente da Gol, em nota enviada à imprensa.

Graças à ampliação da frota, a Gol elevou em 27,3% a oferta de assentos, para 2,728 milhões no primeiro trimestre de 2005.

A taxa de ocupação da empresa no primeiro trimestre aumentou 1,4 ponto percentual, atingindo 73,4%. Já a participação de mercado foi recorde e registrou em março 26,1%.

O número de quilômetros voados por passageiros pagantes aumentou 29,7%, para 2,002 milhões em conseqüência ao crescimento da oferta e da taxa de ocupação.

No final do primeiro trimestre, a frota da companhia era composta por 30 aeronaves. Todas as aeronaves foram adquiridas por meio de arrendamento mercantil operacional, cujo vencimento do prazo inicial varia entre 2006 e 2010.

A expectativa da empresa é chegar ao final de 2005 com uma frota de 40 aeronaves. Até 2009, deverão ser 70 aviões --30 próprios e 40 alugados.

Atualmente, a Gol tem 30 pedidos firmes e 33 opções de compra de aeronaves Boeing 737-800. Os pedidos firmes estão previstos para serem entregues entre 2006 e 2009 e as opções de compra são exercíveis para entrega entre 2007 e 2010.

Segundo a Gol, a ampliação da frota neste ano permitirá um crescimento de 50% na capacidade de assentos disponíveis.

Diante desse cenário, a Gol estima fechar o ano com uma receita líquida de R$ 3 bilhões, o que representará um incremento de 53% em relação a 2004. O lucro por ação projetado para 2005 ficará entre R$ 2,85 e R$ 3,15.

Em comunicado ao mercado, a Gol informa que pretende "continuar a popularizar o mercado de transporte aéreo de passageiros" por meio da expansão do negócio, da inovação tecnológica, da melhoria da eficiência operacional, do controle de custos e de preços baixos e competitivos.

Em abril, segundo números divulgados pelo DAC (Departamento de Aviação Civil) na semana passada, a Gol transportou um total de 680.074 passageiros e conseguiu superar a Varig em participação no mercado doméstico, ficando atrás apenas da TAM.

 Escrito por Pamplona às 11h19
[ ] [ envie esta mensagem ]



Seis pessoas morrem em acidente de avião na Argentina

Córdoba (Argentina), 8 mai (EFE).- O piloto de automobilismo Nicolás
Vuyovich, que tinha ganho neste domingo a corrida da categoria Turismo
de Competição 2000 argentina, morreu junto com outras cinco pessoas quando
caiu o avião que o levava de San Juan a Córdoba, no centro do país.
O piloto da equipe Toyota tinha vencido hoje na cidade de San Juan pela
segunda vez na temporada, na quarta prova do calendário do TC 2000,
especialidade na qual competem, entre outros, Norberto Fonte e Esteban Tuero
ex-pilotos argentinos da Fórmula 1.
O avião acidentado, um PA-31 (Pipper Nava) matrícula LV-LXO, pertence a uma
empresa da cidade de Córdoba dedicada ao serviço de táxi aéreo.
A aeronave caiu a cerca de 700 metros de distância da pista de aterrissagem
do aeroporto cordobês.



 Escrito por Pamplona às 11h12
[ ] [ envie esta mensagem ]



Schummy compra jato de US$ 37 mi

São Paulo - O heptacampeão mundial de Fórmula 1, o alemão Michael Schumacher, voltou a gastar uma pequena fortuna para adquirir outro objeto do seu desejo. Schummy comprou hoje um jato particular no valor de US$ 37 milhões.

 

Segundo o tablóide sensacionalista inglês The Sun, o piloto alemão adquiriu um Falcon 2000 EX.

O novo avião de Schummy tem todos os confortos conhecidos por alguns dos maiores milionários do mundo. O Falcon tem banheiro personalizado, quarto com cama de casal, aparelho de DVD e computador.

  

A intenção de Schumacher ao comprar o jato é ficar mais próximo de sua família, principalmente nos intervalos entre as corridas do calendário deste ano. Após o GP de Ímola, onde o alemão chegou em segundo, restam ainda quinze etapas - a maioria delas na Europa. O alemão mora na Suíça.



 Escrito por Pamplona às 14h17
[ ] [ envie esta mensagem ]



Presidente de Honduras escapa ileso de acidente aéreo

Tegucigalpa - O avião em que o presidente de Honduras, Ricardo Maduro, viajava caiu no mar do Caribe, ontem, mas o mandatário escapou praticamente ileso. "A mão de Deus esteve presente", afirmou Maduro à rádio e televisão locais, depois do susto. A filha dele, Lorena Maduro, o amigo Michael Dickman, e o piloto Boanerges Torres, também nada sofreram.

O porta-voz da presidência, Jorge Barrios, disse à Associated Press que Maduro "sofreu pequenas escoriações nos joelhos, sofridas ao sair da nave, quando esta se inundou". O avião, um monomotor Cessna 206, caiu no mar a 150 metros da praia, na Baía de Tela, 300 quilômetros ao norte de Tegucigalpa.

Barrios acrescentou que algumas pessoas que estavam na praia lançaram salva-vidas ao presidente, a quem inicialmente não reconheceram. Mas este socorro não foi necessário devido a pouca profundidade da água no local da queda.

Assim mesmo, o porta-voz garantiu que "as pessoas reconheceram o mandatário e o ajudaram a sair da água, juntamente com os demais ocupantes da nave". Pouco depois, um helicóptero militar levou Maduro a um hospital de Comayagua, na região central de Honduras, para avaliação médica.

Maduro havia saído ao meio-dia do domingo de Tegucigalpa com destino a Tela, principal balneário da costa atlântica de Honduras. O motivo da viagem era uma audiência com o prefeito de Tela, Daniel Flores, para tratar de projetos envolvendo investimentos com valor superior a 300 milhões de dólares.

O motor do avião, provavelmente, teve uma pane quando se aproximava do aeroporto de Tela, situado na orla, e caiu no mar depois de uma manobra brusca do piloto. No momento do acidente chovia forte na maior parte do território de Honduras. Maduro, 59 anos, do Partido Nacional, assumiu janeiro de 2001.



 Escrito por Pamplona às 14h14
[ ] [ envie esta mensagem ]



Avião que levava ministro argentino faz pouso de emergência

Buenos Aires - O avião no qual o ministro do Interior da Argentina, Aníbal Fernández, viajava na noite do último sábado teve que fazer um pouso emergência devido à perda de força de um dos motores. Por isso, o alto funcionário decidiu dar continuidade à viagem por terra. Após participar de um ato oficial, Fernández partiu do Aeroporto de Pajas Blancas, na província argentina de Córdoba, com destino a Buenos Aires. No entanto, a viagem teve que ser interrompida numa base próxima à cidade de Rosário, na província de Santa Fé.

A aterrissagem do Tango 011 da Força Aérea argentina aconteceu 55 minutos após a decolagem, quando o comandante notou a perda de pressão do motor esquerdo. Por causo do acontecido, o ministro e seu secretário particular, Diego González, optaram por continuar a viagem por terra, em um carro oficial.

O avião decolou de Córdoba, a cerca de 700 quilômetros de Buenos Aires, às 21h20 (horário de Brasília), e aterrissou em Rosário, a cerca de 400 quilômetros da capital argentina, às 22h15 (horário de Brasília).

No dia 19 de outubro do ano passado, o presidente da Argentina, Néstor Kirchner, passou por um susto semelhante quando o avião no qual viajava, um Tango 01, fez um pouso de emergência nos arredores de Buenos Aires, depois que um dos motores pegou fogo.



 Escrito por Pamplona às 14h12
[ ] [ envie esta mensagem ]